quinta-feira, 3 de julho de 2008




Não sei se me visitas todos os dias

Mas há dias e dias

Tu sabes como este dia é especial

Eu sei que tu não esqueces

Eu nunca esquecerei

Vais caminhando nesta praia deserta

E seguirei sempre os teus passos

São muitos anos,

São muitas emoções,

São muitos momentos,

São muitas paixões,

O meu coração de alguma forma sempre te pertencerá

As ondas podem apagar o teu rasto na areia

Mas o meu amor por ti nunca apagará.

E este dia nunca esquecerei.
.............................................................................................
Hoje, fica comigo, abraça-me...
Escreve para mim como sempre escreveste.

1 comentário:

Fox disse...

Nada que eu possa escrever pode fazer o tempo voltar atrás e apagar, o que nunca deveria ter existido.
Mas, sim, lembro-me deste dia, como vez, e nunca o esquecerei. Há-de ser sempre especial.
Tu também o és.